domingo, 9 de maio de 2010

Conhecimento


Algumas vezes me pergunto
Do que tenho medo?
Da falta.
Foi a falta de resposta quem me disse.
Tenho medo de não ter.
Mas não sei o que tenho.
Mas tenho medos.
Talvez do desejo de querer tudo inteiro, intenso, íntegro.
De não ter carinho, parceria, cumplicidade.
De não sentir o abraço no meio da noite
Ou um sorriso espreguiçando de manhã
De não ter descobertas a fazer
Ou alguém pra conversar
E dividir as frutas colhidas
Ou um abraço quente
Ao sair do banho gelado no rio
Dizem que medo é o oposto de coragem.
Digo que é o oposto do conhecimento.
"Conheça-te a ti mesmo".
Coragem!
Eu estou só no começo...

“Para ser grande, sê inteiro; nada de ti exagera ou exclui” 
(Fernando Pessoa)

Um comentário:

Ana disse...

Belo texto, Iza! nada melhor que o 'se conhecer'...
Adorei a foto também!!